Prof. Drº Abel Nascimento

Prof Dr. Abel Nascimento - Parceiro - Clinica da Mão

Ortopedista e cirurgião da mão

Tem desenvolvido ao longo da sua vida profissional, a cultura técnica e cirúrgica em várias áreas, entre outros, vasos, músculos, nervos, plexo braquial, linfáticos, articulações e pele, para estandardização de retalhos vascularizados e estudos de novos retalhos (ex: retalho lateral do braço).

Integrado na residência de cirurgia da mão em Paris (França) e Louisville (Estados Unidos da América), efectuou centenas de microcirurgias vasculares e nervosas (em rato e cão), culminando no trabalho de investigação da Mémoire de Assistente Estrangeiro - Knee allograft between Lewis and Wistar rats with or without cyclosporine (1983), para o estudo dos fenómenos de rejeição de tecidos.

Em 1994 defendeu o Doutoramento em Paris (França), com o trabalho "Reconstruction plastique du membre supérieur - investigation anatomique et application chirurgicale et Régénération lymphatique en réimplantations et lambeaux vascularisés dans la chirurgie expérimentale et clinique ", corolário da investigação atrás mencionada. Que consolidou e validou os procedimentos cirúrgicos da sua prática clínica. O modelo experimental animal escolhido foi o cão, tendo sido efectuadas 131 amputações/reimplantações dos membros posteriores para estudar a regeneração dos tecidos, nomeadamente a contribuição dos sistemas venoso e linfático na resolução do edema e reorganização tecidular. Este estudo permitiu recolher informações inéditas preciosas para a prática medico-cirúrgica em diversos campos da cirurgia reconstrutiva, tendo-lhe sido atribuído o grau de Doctor Communitatis Europeae e a medalha da Universidade René Descartes.

Pertence ao grupo internacional de transplantes de múltiplos tecidos .

Sendo considerada uma verdadeira especialidade em vários países do mundo, a Cirurgia da Mão exige uma investigação anatómica, experimental animal, domínio de ortopedia, cirurgia plástica, cirurgia vascular e nervosa. A sua verdadeira dimensão não se delimita pela região anatómica, pois o especialista é chamado a intervir ao nível do membro superior e inferior.

O cirurgião da mão intervém tanto na reparação de uma lesão óssea do carpo como numa reimplantação ou numa reconstrução tumoral, traumática, malformação congénita (ex: transplante do dedo do pé para a mão), cirurgia do plexo braquial ou de qualquer nervo periférico.

No campo das paralisias espásticas dos membros inferiores em paraparésias e paraplegias, hemiplégicos, independentemente da causa, existem cirurgias paliativas que estabilizam e melhoram o posicionamento biomecânico, permitindo uma deambulação e melhoria significativa da mobilidade autónoma.

O tratamento da mão do tetraplégico, com cirurgia paliativa para alguma recuperação da função da mão (pinça palmar e pinça lateral), é de uma importância extraordinária para a tentativa de obtenção de maior autonomia nas actividades da vida diária (AVD's). As transposições musculares, para motorização da extensão do cotovelo com técnicas específicas, são de importância capital.

Em 1997, o Prof. Doutor Abel Nascimento introduziu em Portugal, em simultâneo com o Reino Unido e a França, a cirurgia robótica com o FreeHand System. Este sistema é o único até ao momento a nível mundial que permite realisticamente recuperar, à custa da electrónica, os movimentos sincronizados do punho e mão. Torna possível, numa mão paralítica, a flexão e a extensão dos dedos (pinça palmar e pinça lateral), permitindo escrever, pentear, escovar os dentes, atender o telefone, comer, pegar num copo, etc.. Em breve este sistema irá ser melhorado a nível do funcionamento electrónico, sendo a única verdadeira revolução no tratamento destes doentes.

Para o controle do funcionamento da bexiga destes doentes,  aplica também o sistema electrónico Brindley (VOCARE) system na medula.

Está envolvido no projecto europeu SUAW 2 para recuperação da marcha em paraplégicos, utilizando um sistema electrónico.

O Prof. Doutor Abel Nascimento é consultor dos Centros de Reabilitação e Medicina Física da Tocha.

São inúmeros os doentes tratados ao nível do membro superior e inferior por sequelas de paralisia infantil, através da alongamentos, transferências musculares e tendinosas, tenodeses, artrodeses, etc..

Da mesma forma, as sequelas dos traumatismos craneo-encefálicos (TCE's) e acidentes vasculares cerebrais (AVC's), são objecto de tratamento especializado nas suas paralisias espásticas.

Temos um protocolo de investigação em cirurgia experimental, visando a aplicação humana, de stem cells.

Plexo braquial (adulto e obstétrico) / nervos periféricos

A cirurgia do plexo braquial e dos nervos periféricos é uma das áreas chave em que é solicitado para tratamento e colaboração científica, a nível nacional e internacional.

A cirurgia do plexo braquial obstétrico e do adulto, quer microcirúrgica quer paliativa articular e de transplantes musculares e transferências tendinosas, é efectuada em número e frequência elevados.

A proveniência destes doentes é de toda a área populacional de Portugal continental e ilhas, e também do estrangeiro.

O Professor recebe plexo obstétrico (Erb's palsy) de várias unidades hospitalares do país. (Protocolo cirúrgico: microcirurgia nervosa entre os 4 - 6 meses de idade, quando indicado, tranferências musculares com release anterior do ombro pelos 2 - 6 anos de idade. Cirurgia do cotovelo, punho e mãos quando indicada).

Possuímos uma casuística de largas centenhas de casos, entre a microcirurgia e a cirurgia paliativa. Esta é uma das áreas em que os centros internacionais solicitam a nossa colaboração para a realização de conferências e cursos de formação.

Somos membro fundador do Clube mundial Narakas

- FESSH – Federation of the European Societies for Surgery of the Hand

- IFSSH – International Federation of Societies for Surgery of the Hand

- European surgery

- Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão

- Sociedade Portuguesa de Ortopedia

- American Society for Surgery of the Hand

- American Association for Hand Surgery

- GAM (Groupe pour l’Avancement de la Microchirurgie)

- GEM (Société Française de Chirurgie de la Main)

- Club Narakas

- Clube Tubiana

- British Society for Surgery of the Hand

 

 

Para mais informações visite http://www.abelnascimento.net/